sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Lusomel: Mitologia - Larco

O último e o mais novo dos filhos-deuses é Larco, o deus do sangue laranja. Nasceu da união do sangue vermelho de Zirmeu e do sangue amarelo de Xerba. Larco é o deus da terra, dos ventos e da saúde, e o seu povo é o aringhor. 



No Templo dos Três Criadores, pouco é revelado acerca da caracterização física de Larco. A sua mais famosa representação parte de uma estátua já danificada, em que lhe falta a cabeça, outrora decapitada. Sabe-se, contudo, que o mais novo dos irmãos é o que tem a aparência mais envelhecida, anda ligeiramente curvado, e costuma ser representado trazendo um sino numa das mãos. Como descendente do sangue amarelo, ao seu sangue também são reconhecidas algumas propriedades mágicas. Nos livros futuros serão revelados mais pormenores acerca da vida deste filho-deus. 

Sem comentários:

Enviar um comentário